Blog

  • Blog /
  • Blog /
  • Para qual “normal” você quer voltar?

Para qual “normal” você quer voltar?

Por Gabriel Neves.

Essa onda de dificuldades que o mundo atual vem enfrentando, pode ser a situação mais difícil que você tenha presenciado em sua vida, mas sem dúvida não é a situação mais difícil que a humanidade já enfrentou.

E já parou para pensar que grandes evoluções nasceram de crises assim? Curas, tratamentos, bem-estar econômicos, alianças políticas entre países, dentre outra série de melhorias, só foram possíveis graças a momentos difíceis superados. Então podemos presumir que desse mau momento que enfrentamos, surgirá um momento de paz, essa é a evolução natural das coisas.

Essa é palavra: Evolução! E durante esse processo evolutivo, você também está evoluindo ou esperando as coisas voltarem ao normal? Se estiver esperando, tenho más notícias para você… bem-vindo ao novo normal!

Durante nossa história já vivemos pandemias piores do que a atual, pode até ser que não tenham sido em números, mas foram piores em razão de tecnologia, conhecimento e capacidade de prevenção. Já vivemos também guerras mundiais, regionais e uma série de contratempos e catástrofes que alteraram o status da sociedade de seu estado “normal”. E o que se pode tirar disso, é que vivemos uma evolução constante, tudo passa, tudo muda.

Mas para sobreviver a evolução é necessário que evoluamos junto a todas mudanças, sejam elas físicas, sociais ou econômicas, precisamos nos adaptar. Esse é o segredo da sobrevivência, adaptação!

Mas existe uma pequena parcela da sociedade, que não está afim apenas de sobreviver, mas sim, Viver! E para isso é necessário evoluir de forma superior e de forma mais avançada do que o tempo que as coisas acontecem, em ritmo constante e acelerado. Estar fora do padrão e conseguir extrair de momentos difíceis, aprendizados, coisas boas, viver bem apesar de todos os males.

Tenha isso como objetivo de vida: Viver! Force a sua evolução, seja nos negócios, na vida social, na saúde e no espiritual. Esteja pronto para enfrentar e aceitar as mudanças de braços abertos, abrace-as e use-as para seu próprio bem-estar. Resistência a mudança é um mal que não podemos nos dar o luxo de praticar, livre-se dele e prepare-se para viver de verdade.